sábado, 20 de junho de 2009

juanalândia

Na Juanalândia o tempo se comporta de uma forma bastante peculiar. Os segundos viram minutos. Minutos viram horas. Horas são dias e os dias são eternos... É um lugar mágico sim, meus senhores. Tem bonecas desenhadas em guardanapos, cadernos rabiscados com histórias inventadas na cabeça, chaves esquecidas em balcões, carros deixados nos estacionamentos, muitos livros que nunca foram lidos, músicas melancólicas, nostalgias crônicas, eterna insatisfação, momentos de tédio absoluto, horas de fantasias improdutivas, cenas de filmes de memória, profundas alegrias, tristezas sem fim...
A Juanalânida é onde eu me sinto em casa, mas também um lugar que tento abandonar... ou pelo menos deixar ao lado, em uma realidade paralela.

2 comentários:

Paloma disse...

:)

Eu entendo...

hehehehe

Pin Hole disse...

Adorei Ju. Acho que todo mundo tem a "lândia" que merece ou criou. Eu concordo plenamente com você. Vivo na minha carolândia onde os minutos viram horas e quando passam rápido me causam ângustia do mesmo jeito.