terça-feira, 20 de julho de 2010

sobre sinais

Sinal é coisa de maluco, né? Encontrar a medida certa entre ter uma boa interpretação dos sinais, saber usar a intuição e não ficar paranóico me parece uma tarefa das mais difíceis. Eu, particularmente, tenho problemas sérios em relação à minha intuição. Acho que ela é completamente fraca e não confio nada nela. No entanto costumo gostar do meu senso de interpretação, mas sempre me preocupo em colocá-los à prova da realidade, para não cair na paranóia... Acho que deve ser bom confiar na intuição. Acho também um tanto presunçoso, mas talvez seja porque eu não sei o que é isso. Estou em uma fase muito propensa a buscar sinais em tudo. Sei que esse comportamento é consequência do meu atual estado crítico de ansiedade misturado com uma certa impotência para escoar energia contida. Minhas neuroses sobem à tona, mas nunca dão sua verdadeira face para bater. Elas irrompem como metáforas. E esses sintomas me aterrorizam com seus disfarces medonhos. E eu busco sinais. Não tenho muito o que fazer e busco sinais. E eles estão sempre lá: nas revistas, em declarações, em sonhos, em imagens, em tudo.

4 comentários:

pin hole disse...

Jú, eu gosto tanto de você e das suas teorias. Estou aqui esperando Valentina e torcendo para que você libere logo a sua energia contida. Tenho sentido saudade das nossas saidinhas rápidas, aquelas que eu fazia companhia enquanto você comia alguma gororoba!

Renata disse...

Muito bom tudo q vc escreve!
Acompanho alguns fotologs e blogs em busca de inspiraçao e coragem p/ criar um blog e escrever aquilo q penso, é mto dificil colocar em palavras aquilo q está dentro da gente e alem disso tenho preguiça, mas vc faz isso mto bem! Parabéns! Vc parece ser uma mulher de mta fibra!
Sorte e felicidade p/ vc!

Willian Lopes de Sousa Augusto disse...

muito massa!
"como interpretar como saber, como entender e se auto entender, como realmente ver, sentir, enchergar, como saber que aquilo é ou foi um sinal e não apenas mais um borrão....."
adorei mesmo esse post...fiquei sabendo do #WelcomeValentina no twitter...e meus parabens, a vc e ao seu marido! pois sorte ela ja terá assim como tomaz...uma mãe com visões de mundo unicos, e um pai com a garra q tem, Valentina, sorte é o já tem..! vou seguir o blog!parabens novamente! :)

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.